setembro 13, 2011

Você acredita na Justiça Catarinense?


O relatório final das perícias médicas realizadas nos 211 aposentados por invalidez da Assembleia Legislativa revelou curas milagrosas, com pacientes demonstrando saúde plena, falsificação de assinaturas e situações como oftalmologista emitindo atestado sobre doenças cardíacas e mentais
Essas foram algumas das irregularidades apontadas pelo Iprev (Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina). Das 193 perícias feitas pela Junta Médica do Estado até o dia 9 de setembro, 109 apresentaram indícios de fraude, mais de 50%, sendo que 13 estão bem de saúde, aptos para trabalhar.

O presidente da Assembleia, deputado Gelson Merísio (PSD), garantiu que se suspeitas forem contundentes a Casa pode cortar de imediato os benefícios. “Como medida preventiva”, disse ele. (e devolver o dinheiro já recebido? ) “Quem não comprovar as doenças que causaram a invalidez perderá o benefício”, afirmou o presidente do Iprev Adriano Zanotto.
Agora, o instituto irá abrir um processo administrativo para apurar a existência ou não de irregularidades na concessão dos benefícios e para dar direito de ampla defesa aos acusados. (apurar o que ? já não está comprovado.) O relatório final será enviado ao Ministério Público do Estado, à Receita Federal, à Assembleia Legislativa e ao Conselho Regional de Medicina para que cada órgão tome providências. 


Nova perícia opera milagre
Situações curiosas, para não dizer, vergonhosas, marcaram as novas perícias. Como o caso do aposentado por invalidez, que, ao saber que não tinha qualquer incapacidade laboral, fez a ironia ao médico: “É milagre doutor. O senhor não acredita em milagres?”

O negócio é esperar que a justiça abra o olho de uma vez por todas, porque cega ela já está a muito tempo.


fonte: Noticias do dia on line

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Voce é livre e responsável por seus comentários, todos serão publicados desde que devidamente assinados por seus autores, reservo-me o direito de excluir comentários com ofensas ou injúrias a quem quer que seja.
2. Devido a tantos comentários sem identificação, infelizmente somente publicaremos os comentários que atendam tais propósitos.
3. Ofereça seu ponto de vista, é muito importante.