outubro 22, 2011

Obras planejadas ou arquitetadas.

Quando se pretende fazer uma obra na casa da gente, na forma correta voce consulta primeiro um engenheiro, ele fala da necessidade de fazer um projeto, da aprovação da prefeitura, do CREA e até da vigilância sanitária. Dependendo da obra vai precisar das licenças junto a orgãos ambientais, são as LAP (licença ambiental provisório) e a LAI (licença ambiental de instalação) estas levam mais tempo para serem emitidas, dependem de análise aprofundada das questões de impacto no meio ambiente.
O que me deixa incomodado é ver que muitos políticos ditos experientes e apoiados por seus "técnicos" comissionados é bem verdade,  numa falta total de respeito com o povo e irresponsabilidade iniciam obras públicas sem as referidas licenças. Se fosse por falta de profissional técnico concursado na repartições até concordaria mas... é pura safadeza, gente acostumada a mentir, tirar proveito da desgraça ou necessidade alheia, subtrair e fazer pouco caso da boa fé das pessoas.
Uma afronta aos contribuintes que esperam por anos suas reinvidicações serem atendidas. Dinheiro público jogado pelo ralo e muita, muita enrolação. Abra seus olhos, 2012 tá chegando e com ele muitos "caras de pau" vão aparecer para propagandear suas "obras", ou ainda vão querer indicar seus parceiros para mais uma empreeitada de 4 anos.

Fique por dentro: 
Licença Ambiental Prévia-LAP - É uma espécie de consulta de viabilidade, em que o empreendedor da obra pergunta o órgão ambiental regulador se é possível construir aquele tipo de obra num determinado local. O órgão ambiental regulador vai consultar as legislações ambientais em vigor, federal e estadual, e, com base nessas normas, vai responder se o empreendimento é viável ou não. Vale ressaltar que mesmo se a obra for definida como viável poderão ainda serem definidas algumas condicionantes a serem seguidas. A LAP não autoriza a construção da obra, apenas atesta sua viabilidade naquele local.   
Licença Ambiental Instalação-LAI -  Depois de ter a LAP aprovada, o empreendedor precisa apresentar ao órgão ambiental regulador o projeto físico e operacional da obra com todos os seus detalhes de engenharia, já demonstrando de que forma vai atender às condições e restrições impostas pela LAP. Só com a LAI expedida é que se podem começar as obras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Voce é livre e responsável por seus comentários, todos serão publicados desde que devidamente assinados por seus autores, reservo-me o direito de excluir comentários com ofensas ou injúrias a quem quer que seja.
2. Devido a tantos comentários sem identificação, infelizmente somente publicaremos os comentários que atendam tais propósitos.
3. Ofereça seu ponto de vista, é muito importante.