dezembro 13, 2011

A morte de Amilton Alexandre O Mosquito


Triste notícia veiculada agora a pouco por muitos blogueiros de Santa Catarina, a morte de Amilton Alexandre, o mosquito como era conhecido. Implacável em suas denúncias, cultivou desafetos de todas as esferas, de políticos até empresários, ninguém escapava de sua caneta, muitas vezes criticado pela forma com que denuncia os "malfeitos". Acumulava inúmeros processos principalmente por supostos crimes de injúria (inclusive racial), calúnia e difamação, com o escopo de intimidá-lo e de condená-lo a ressarcir danos morais. 

A liberdade de expressão está de luto cerrado, havendo perdido um dos seus mais valentes defensores, esperamos que sua morte não diminua a vigilância contra os atos praticados por pessoas que por via de regra deveriam ser os exemplos de conduta ilibada. Foi encontrado morto, aparentemente enforcado, na sua própria casa. O secretário de segurança pública, Cesar Gruba determinou que uma equipe da diretoria de informação e inteligência do SSP se deslocasse até a casa de Amilton Alexandre. Por ser um personagem polêmico e visado, Gruba quer uma apuração detalhada sobre o caso.
Em seu último post no Blog Tijoladas do Mosquito ele deixa sua mensagem, descanse em paz.

O blog foi construído com o objetivo de denunciar corrupção, tratar de assuntos ligados a cidadania e versar sobre os mais diversos temas da blogosfera.
Durante todo esse tempo, minha atividade foi manter o blog com informações e denúncias.
O blogueiro, apesar de muitas vezes advertido, carregou nas tintas contra os políticos. Passou dos limites em alguns casos. Claro, colheu processos e condenações, aos quais recorre.
Mas contribuiu para tentar sanear a política catarinense. Não foram poucos os assuntos tratados aqui  transformados em inquéritos no Ministério Público e ações civis públicas.
Quem achou que havia financiamento de grupos interessados em obter vantagens com o que era publicado aqui, se enganou.
Tanta dedicação ao blog levou-me a um isolamento familiar, com oposição a minha atividade, problemas de saúde e outras dificuldades. Nas últimas semanas acusei o nocaute. Não tenho mais como enfrentar as ameaças e retaliações pelo que publico. É sensato dar um tempo.
Como diz um amigo meu: O que vc ganhou com o blog?
O ganho não foi pessoal, mas coletivo. Talvez um dia eu tenha a resposta para a minha parte. Agora vou tentar me reestruturar numa atividade menos tensa. Preciso dar mais atenção a quem precisa: eu mesmo.
Passando pelo Cangablog vejo que o arsenal de maldades dos políticos não para. Vou deixar o Canga linkado aqui permanentemente. Devo dar alguns pitacos lá.
Aos meus leitores desejo bom Natal e um Ano Novo com saúde e paz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Voce é livre e responsável por seus comentários, todos serão publicados desde que devidamente assinados por seus autores, reservo-me o direito de excluir comentários com ofensas ou injúrias a quem quer que seja.
2. Devido a tantos comentários sem identificação, infelizmente somente publicaremos os comentários que atendam tais propósitos.
3. Ofereça seu ponto de vista, é muito importante.