fevereiro 22, 2012

Afinal o Ronaldo perdeu ou ganhou?

Depois de muitas leituras, compartilhamentos e curtições, nota-se que a mensagem "NÃO VÁ A LAGUNA" não decolou, a cidade transbordou de gente e de muita alegria nesta carnaval, que bom. O colunista que caiu na boca do povo não errou em apontar os problemas, todos já sabíamos deles e de muitos outros também, o que deixou o povo "inticado" foi como ele intitulou sua matéria, faltou um pouco de sensibilidade, fez retratação dias depois, mas aí já não valia mais muito, pois o saco fético já tinha sido jogado no ventilador. Então, acredito que ele perdeu.

Por outro lado ele também ganhou, ganhou méritos em provocar um sentimento na população que há tempos estava perdido ou até adormecido, esquecido, de defesa de sua  cidade, a tal "Lagunidade", expressão criada pelo amigo Márcio Rodrigues. Fica a lição para todos os moradores e autoridades da cidade com a polêmica declaração do jornalista, precisamos regulamentar e promover uma mudança no trato com os turistas que chegam na cidade, do jeito que tá não dá.

Alguns excessos acontecem aqui, lá e acolá, faz parte das festas infelizmente, porém acredito que precisamos regrar muitas coisas. Uma cidade onde normalmente circula 20 mil pessoas mensalmente na média não pode receber mais de 100 mil em apenas alguns dias sem dar suporte a tanta gente, falta muito ainda para se afirmar que é o maior carnaval do sul do país, não adianta apenas promover a vinda deste povo todo e preciso atender suas necessidades básicas se é que tu me entendes.

A dica que fica desta história toda é:
"OUÇA MAIS, FALE MENOS E PRATIQUE MUITO", a perfeição nunca existirá, errar podemos e temos este direito sempre, só quem não comete erros é quem um dia nunca tentou fazer a coisa certa. Já passou da hora da cidade receber uma empresa para gerir o turismo, independente, sem vínculos partidários, sem estrelismos, sem apadrinhamentos, sem pretensões políticas e administrada por pessoas que saibam tocar o turismo, por profissionais.

A qualidade do turista que você recebe é exatamente igual ao tratamento dispensado na sua permanência, pense nisso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Voce é livre e responsável por seus comentários, todos serão publicados desde que devidamente assinados por seus autores, reservo-me o direito de excluir comentários com ofensas ou injúrias a quem quer que seja.
2. Devido a tantos comentários sem identificação, infelizmente somente publicaremos os comentários que atendam tais propósitos.
3. Ofereça seu ponto de vista, é muito importante.