julho 04, 2012

Eu sou você






















Eu sou você

nem sei meu nome
que dia é hoje?
eu sou você
danço pinto desenho
escrevo bordo
na torrente de insensato
rio
traço tinta  cor feijão
linha pincel agulha sopão
desloco em papel
condenso em torpor
sou carne angustiada
viajo no tempo da margem
visito o passado deserto
estou desrazão
desancorado mel
águas da desmemória
me navegam
volátil identidade            
de mim vou embora
me torno desmim
recomponho estilhaços
alcanço imagens habito sons
faço historia na diferença
tormentosa tatuagem

você pode ser eu
minha vida de dentro
vivida pelo eu de fora

Poema por : Berenice Sica Lamas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Voce é livre e responsável por seus comentários, todos serão publicados desde que devidamente assinados por seus autores, reservo-me o direito de excluir comentários com ofensas ou injúrias a quem quer que seja.
2. Devido a tantos comentários sem identificação, infelizmente somente publicaremos os comentários que atendam tais propósitos.
3. Ofereça seu ponto de vista, é muito importante.