fevereiro 13, 2015

Currais eleitorais até no carnaval

Dia destes publiquei em meu perfil na rede social um texto sobre a opinião que tenho a respeito das festas de carnaval dos blocos comerciais, aqueles que se compra um adabá e uma pulserinha e ganha-se o direito de beber e dançar a musica que é modinha, tudo feito num ambiente fechado, um cercadinho.

Escrevi lá: "Chiqueirinho é para porco. Porco com pulseirinha é porco metido a besta. Sou elefante, vivo em outro mundo e não me enquadro em certos modismos."

Algumas pessoas próximas não gostaram e ficaram ofendidas, peço desculpas mas não foi minha intenção, mas explico: No tempo dos coronéis e ainda hoje nos pequenos rincões, a politicagem usa a expressão curral eleitoral para garantir suas votações, usam da boa fé e ignorância política do povo para manter-se em seus cargos políticos. 

Algumas administrações aproveitam da alegria de seus munícipes e usam a máquina pública e até do erário para promover blocos de carnaval comercias, colocam seus eleitores em currais eleitorais, ou seja fomentam o cercadinho e esquecem das tradições, do bom carnaval, das tradições, das festas sem frescuras e sem rótulos. E o povo cego se contenta, eu sou da época das fantasias, dos bailes dos clubes, do carnaval de rua, sou saudosista sim, como não gostar das boas coisas.

A cada ano os eleitores são induzidos a adquirir o tal abadá e a pulserinha, seduzidos por modinhas acabam esquecendo das mazelas do dia a dia, esquecendo suas tradições, empobrecendo sua cultura e claro deixando uns e outros mais ricos.  O velho e bom carnaval se foi, não tem mais espaço no cenário cultural, uma lástima para as novas gerações que crescem referenciando o lepo lepo, beijinho no ombro e a boquinha da garrafa.

Bom feriado.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. É amigo Valmir, infelizmente somos vozes abafadas e até ridicularizadas pelos "nobres" da corte ou seriam bobos da corte os tais.

      Excluir

1. Voce é livre e responsável por seus comentários, todos serão publicados desde que devidamente assinados por seus autores, reservo-me o direito de excluir comentários com ofensas ou injúrias a quem quer que seja.
2. Devido a tantos comentários sem identificação, infelizmente somente publicaremos os comentários que atendam tais propósitos.
3. Ofereça seu ponto de vista, é muito importante.