julho 09, 2012

Bullying eleitoral? é isso mesmo

Por Carlos A. Oliveira:

"Nos períodos eleitorais, onde a senha pela obtenção de cargos (sodalícios) públicos é grande, o bullying sempre será prática obrigatória. O mais interessante é que os chamados marqueteiros de campanha apostam sempre suas fichas na ignorância (de raiz) do eleitor. Eles acreditam que ao tornarem rasteiros o nível dos programas políticos, a atenção sobre assuntos mais importantes e delicados acabam ficando em planos abaixo do abaixo. O que estes ‘nobres (e bem pagos) correligionários’ de aluguel não imaginam é que suas ‘táticas’ de campanha, sob o jargão do ‘tudo é válido’, apenas mostram quem eles mesmos são na vida real. No caso do bullying eleitoral, a vítima certa não é o opositor. O verdadeiro ofendido e agredido é o eleitor, cujo tratamento recebido é o de cidadão de quinta categoria"


fonte: http://carlosoliveira52.wordpress.com/2010/09/07/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Voce é livre e responsável por seus comentários, todos serão publicados desde que devidamente assinados por seus autores, reservo-me o direito de excluir comentários com ofensas ou injúrias a quem quer que seja.
2. Devido a tantos comentários sem identificação, infelizmente somente publicaremos os comentários que atendam tais propósitos.
3. Ofereça seu ponto de vista, é muito importante.